Mais informações

GOEDERT, Gabriela; PEREIRA, Fernando Ruttkay; DA FONSECA, Raphaela Walger. Adequabilidade da iluminação natural: avaliação lumínica de sala de aula considerando a satisfação do usuário. In: ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO, 16., 2016, São Paulo. Anais... São Paulo: ANTAC, 2016.
Clique no nome do(s) autor(es) para ver o currículo Lattes:

Dados do autor na base InfoHab:
Número de Trabalhos: 1 (Nenhum com arquivo PDF disponível)
Citações: Nenhuma citação encontrada
Índice h: Indice h não calculado  
Co-autores: Nenhum co-autor encontrado

Resumo

Com a finalidade de comparar os valores das medidas estipulados pela IES com padrões de satisfação dos usuários, este artigo propôs uma análise comparativa através da verificação de um ambiente real. Foi escolhida uma sala de aula para a realização de medições de iluminâncias, coleta de dados subjetivos através da aplicação de questionários e simulações. O foco da análise foi dado nas condições de iluminação do ambiente, considerando planos de tarefa e as atividades desenvolvidas, bem como reflexões a partir dos resultados de preferência expostos pelos usuários. Os resultados finais foram obtidos através da análise comparativa dos dados levantados e simulados. Na medição, a sala obteve a maioria dos pontos entre 300lux e 1000lux, confirmando os valores de sDA igual a 100% da simulação. Concluiu-se, que mesmo com níveis elevados de iluminância (cerca de 4000lux medidos) a tolerância dos usuários também é alta, sendo que 76% dos entrevistados responderam que gostam de estar neste ambiente e apenas 7% se dizem não motivados em realizar suas tarefas. A pesquisa abre caminhos para futuros estudos de ofuscamento relacionados ao ambiente analisado. Palavras-chave: Iluminação. Medição. Simulação.

Abstract

In order to compare the metrics and luminal comfort values stipulated by IES, with user satisfaction standards, this article proposes a comparative analysis by checking a real environment. Was chosen a classroom for holding illuminance measurements, subjective data collect through the questionnaires and simulations. The focus of the analysis was given on the environment lighting conditions considering task plans and developed activities, as well as reflections from the preference results exposed by users. The results are obtained by comparative analysis of the collected and simulated data. In measuring, the room got the most points between 300lux and 1000lux, confirming the sDA values equal to 100 % of the simulation. It was concluded that even with high levels of illuminance (about 4000lux measured) tolerance of users is also high, with 76% of respondents who “like to be in this environment” and only 7% saying they are not motivated to do their jobs. The research paves the way for future glare studies related to this environment. Keywords: Lighting. Measurement. Simulation. 
-