Mais informações

SILVA, Filipe et al. O modelo evolucionário no processo de projeto: aplicações na arquitetura contemporânea. In: ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO, 16., 2016, São Paulo. Anais... São Paulo: ANTAC, 2016. p. 5030-5038.
Clique no nome do(s) autor(es) para ver o currículo Lattes:

Dados do autor na base InfoHab:
Número de Trabalhos: 1 (Nenhum com arquivo PDF disponível)
Citações: 1
Índice h: 1  
Co-autores: 8

Resumo

A arquitetura contemporânea se apresenta como um campo multidisciplinar que demanda cruzamento de informações complexas, exigindo do arquiteto o domínio de outras áreas de conhecimento. O desenvolvimento dos processos de projeto passa a ser cada vez mais influenciado pela tecnologia computacional. A evolução nas pesquisas em biologia permitiu a transcrição dos padrões da natureza em algoritmos, que possibilitou o desenvolvimento de projetos arquitetônicos por meio de códigos genéticos de seres vivos, tornando análogos os processos da biologia evolutiva e de projeto digital. Este artigo tem como objetivo discutir os processos de projeto de arquitetura baseados na biologia, por meio de tecnologias computacionais. A metodologia consiste em revisão dos conceitos e autores apresentados por Rivka Oxman sobre modelos evolucionários. Os recentes avanços indicam que os modelos de geração evolucionário impactam nos sistemas construtivos e materiais dos edifícios, havendo a necessidade de maior integração de disciplinas no projeto. Busca-se contribuir com a lacuna na discussão acadêmica acerca dos conceitos de morfogênese e arquitetura evolucionária e suas aplicações efetivas na produção arquitetônica contemporânea. Palavras-chave: Arquitetura digital. Modelo evolucionário. Algoritmo Generativo. Arquitetura generativa. Morfogênese digital.

Abstract

Contemporary architecture has emerged as a multidisciplinary field that requires crossing complex information, requiring the architect the domain of other knowledge areas. The development of design processes becomes increasingly influenced by computer technology. Developments in research in biology in the last century allowed the patterns of nature could be transcribed into algorithms. This advance enabled architectural designs were developed from genetic codes of living beings, where evolutionary biology processes would be analogous to digital design processes. This article aims to conduct a theoretical discussion of the architecture processes based on biology through computer technologies. The methodology consists of a review of the concepts and authors presented by Rivka Oxman on evolutionary models. Recent advances indicate that generation models from evolutionary architecture impact the construction systems and materials of buildings, with the need for greater integration of disciplines in the project. This work seeks to contribute to the gap in academic discussion about the concepts of morphogenesis and evolutionary architecture, as well as its effective application in contemporary architectural production. Keywords: Digital architecture. Evolutionary model. Generative algorithm. Generative architecture. Digital Morphogenesis.
-